VÍRUS RESPIRATÓRIOS – IMUNOFLUORESCÊNCIA

LABORATÓRIO SÃO CAMILO - PROCEDIMENTOS

 

 

VÍRUS RESPIRATÓRIOS – IMUNOFLUORESCÊNCIA

 

 

(Inclui os seguintes vírus: Adenovírus, Bocavírus, Coronavírus, Enterovírus, Influenzae A (H3N2, H1N1/2009) Influenzae B, Influenzae C, Metapneumovírus, Parainfluenzae 1,2,3 e 4, Rinovírus, Vírus Respiratório Sincicial A e B)

 

 

COLETA:

 

Lavado de nasofaringe: 
- Utilizar uma seringa estéril de 5 mL, aspirar 5 mL de solução salina (SF 0,9%), instilar 2,5 mL de salina estéril em uma das narinas, mantendo a outra tampada; repetir o procedimento na outra narina com 2,5 mL de salina estéril e aspirar rapidamente, para obter o fluido; 
- Em crianças menores de 1 ano, aspirar na seringa de 5 mL apenas 1,0 mL de solução salina, instilando a solução em apenas uma das narinas e aspirar rápida- mente, para obter o fluido; 
- Tampar e identificar a seringa. 

Swab de nasofaringe: 
- Coletar com swab secreção de nasofaringe, e semear em tubo contendo meio de transporte para Isolamento de vírus (kit específico), de forma a turvar o meio, sinalizando presença de células. Cortar a haste mantendo-a dentro do meio de transporte.

 
Na ausência do kit, as amostras podem ser inoculadas em salina estéril. 
- Tampar o tubo; 
- Encaminhar as duas amostras o mais rápido possível ao Labboratório de Referên- cia, refrigerado, até 24 horas após a coleta. 

ATENÇÃO: 
- Caso o médico solicite coleta de orofaringe: colher lavado de nasofaringe e coleta de swab de orofaringe semeando o swab em 1 tubo contendo meio de transporte para isolamento de vírus ou salina estéril. 

- A amostra deverá ser enviada de forma a estar no setor técnico até as Quartas- Feiras as 15:00 horas. 
- Não enviar amostras em vésperas de feriados ou finais de semana, de forma a obedecer o prazo estipulado para conservação do exame. 

 

Maringá, 23/11/13.